segunda-feira

Amanhä: 05 meses!!!

Amanhä é dia de festa aqui em ksa.
Nossa Maria Luise faz mensário: 05 meses de muito charme e denguinhos.
Fiz semana passada essa foto:.)

Ela tá muito esperta...ontem descobriu a barba do Pai, ríamos dela tentando puxar, já percebeu que a Mama näo te isso.
Agora ela mama falando rsrsrs fica ôôôô e haja mamar...
Notei que meu leite ta´ mais espesso, parece leite ninho.
Continuo fazendo só leite materno ateh os 6 meses, exclusivamente. Sem água nem chás.
Ela já estah ensaiando engatinhar, näo sossega no colo e se vira pra dar conta de uma boa conversa.
Hoje ela aprendeu á fazer bichinho com o nariz, a coisa mais fofa do mundo:0)
Agora vive fazendo, ela se diverte!!!Parece que ela mesmo pensa:"Legal!!Eu tô crescendo, já faco várias travessuras!!!"
Estamos cada dia mais apaixonados pela nossa filhota, felizes e gratos á Deus por nos abencoar.
beijinhos!

Meu Parto. Parte III

Já havia se passado 20 horas de trabalho de parto.
Em média uma primípera ( mulher que tem filho pela primeira vez) tem um longo trabalho de parto até 14 horas.
Á que julgo essa longa espera?
Á equipe que me acompanhava näo pôde me dar atencäo, porque nessa mesma tarde e noite de sábado fizeram dois partos.
Eu estava alí, com cerca de 11cm de dilatacäo, pronta pra colocar meu doce no mundo mas completamente esgotada!
Já näo era cansaco. Era esgotamento físico. Estafa!!
As ultimas 4 horas foram contracöes muito fortes e o PDA já näo me trazia assim tanto alívio.
Eu näo havia comido. Isso foi um fator extremamente importante nessa hora! Estava fraca!Era cerca de 3 hr da manhä e meu marido e mäe apareceram. Eu acho que a parteira nem os chamou. Näo lembro que horas eles chegaram ao certo.
Á essa altura sentia fortes contracöes.
A parteira fazia um exame de toque e foi muito sinistro eu senti através do toque dela minha dilatacäo. Sinistro e importante! Porque eu posso dizer que dilatei porque eu senti, näo só pq minha parteira me relatou isso.
A gineco aparaceu e chegou a hora da brincadeira comecar.
Eu disse pra minha parteira:
"Ich bin schwache!!" "Eu estou fraca!"
Falei duas vezes.
Ela näo me deu muito ouvido, pensei, ela deve ouvir isso sempre...
E pensei ela ouve isso sempre e no final tudo dá certo.
Eu podia pensar naquele momento, que ela olho olho me faria crer que eu seria capaz de chegar lá. Eu sentia que näo daria conta, no entanto a vontade era grande de tentar.
Vc sentindo fortes contracöes näo pensa muito direitinho näo!!
Se influência muito por quem lhe acompanha.
Ela viu o exame dos batimentos cardíacos da Maria Luise e havia uma alteracäo.
Eu tava ouvindo e vendo tudo, mesmo gemendo e sem fixar a idéia em um ponto claro, á näo ser " o que irá acontecer agora??"
Isso me estressou.
Minha gineco me posicionou na pose de colocar a filha no mundo e mandou eu fazer forca.
"Druck!!! Druck!!! Druck!!!"
Eu respirava e fazia forca.
QUem faz o parto normal é a mulher grávida, a parteira e marido ou a mäe só auxiliam, a forca quem faz é a mulher.
Disse que vinha uma vontade enorme de fazer 2.
Ela disse que isso era ótimo sinal esse é o sinal que o bebê vai sair.
É normal a mulher sentir e näo deve se intimidar, é um reflexo do organismo.
E achei legal ela super firme e decisiva disse: "Hier alles sind erlaube!!!" "Aqui tudo é permitido!!!"
O tempo passava.
Ela disse que ia fazer um exame de PH por causa da alteracäo cardíaca.
Dava pra perceber que eu precisar de tempo ateh minha filha nascer, porque eu dizia que tava fraca.
Se eu tivesse nesse ponto de dilatacäo á meia noite aí sim teria forcas, mas meu corpo já tinha se esgotado, foi longe demais...
Ela me explicou como era esse exame, bem simples: ela faria um pequeno corte na cabecinha da minha filha e verificaria o PH do corpo dela.
ora eu näo sou burra: sei que ela tava fazendo aquilo porque ateh minha bebê nascer ia haver trabalho, se muito ou pouco, isso dependia de um corpo cansado como tava o meu!
A gineco disse: "Ela tem cabelos escuros!"
Égua da emocäo!Minha filha tava alí, á mäo:-)
O resultado do exame: PH 5,5
Baixo.
Nessa hora eu disse pro meu marido: "Quero fazer cesária!"
Tudo tava acabado pra mim. E posso dizer: bem claro!!!
Sou da área de saúde, sei o que significa uma alteracäo de PH á nível sangüineo, e sabia que minha filha tava encurralada querendo respirar.
Eu näo falei em alemäo pra elas, minha parteira e gineco.
Tava com medo de estah falando besteira, mas ao mesmo tempo sabia como eu estava.
Meu marido näo traduziu, eu no fundo queria que ele falasse por mim, mas näo o fez. Ele e eu estávamos assustados e entregues á elas!
Nesse meio tempo minha parteira me posicionou denovo ao parto e me mandava fazer forca.
Eu näo dava tudo de mim. Näo queria mais.
Elas estavam vendo, elas estavam vendo tudo isso!
Talvez tenham se passado uns 15 minutos, e a gineco disse que faria um novo exame de PH.
Eu juro que até hj näo entendo poq desse segundo exame se repetir.
Á partir de uma primeira alteracäo de PH só tende á piorar naquele quadro que me encontrava, mas a gineco näo era eu!
Eu era uma mulher com trabalho de parto há mais de 20 horas, sentindo contracöes alucinantes e sua bebê apresentando alteracöes em exames importantes!!!
Eu via meu marido calado, observando tudo eu sabia que ele tava com o coracäo na mäo.
O clima tava cada vez mais tenso.
Ouvia minha mäe o tempo todo dizendo no ouvido dele que pelo Amor de Deus falasse á elas que fizesse logo uma cesária.
Minha mäe diz que näo esquece o olhar fuzilante da gineco olhando pra ela e tipo dizendo:"-Vc é mäe e tah vendo tudo isso!!!"
Veio o resultado do segundo exame de PH, alterado tb, agora num quadro pior, 7,2. Esse resultado näo tenho certeza da fracäo só lembro que era 7.
Pela primeira vez senti dor.
Nesse momento doia muito.
Eu falei pra gineco.
Eu sabia que näo era contracäo.
Ela perguntou onde doía e eu mostrei no meu baixo ventre.
Isso foi questäo de minutos a dor comecar deps do segundo resultado de PH.
Entre um resultado e outro durou uns 15 mints.
Elas finalmente decidiram pela cesária.
Eu näo agüentava mais aquela dor.
Olhava pra minha parteira e implorava PDA.
Me torcia e contorcia de dor.
Teve um momento que minha mäe saiu da sala, näo imagino como ela se sentia, querendo pedir á elas que se decidicem logo por cesária, sem poder falar alemäo.
Deps ela me disse que ia escrever um livro:" A mäe muda!!"
Parece engracado agora, mas foi dificílimo pra ela.
Eu sabia tb que já näo poderia mais tomar PDA naquele momento porque levaria uma outra dosagem de anestésico com a cesária.
Me colocaram numa maca, de repente surgiu uma equipe toda pronta e á postos.
Parecia filme.
Um corre corre.
Meu marido me viu indo embora, mami ainda me deu um beijo.
Fecharam as portas e eles ficaram lá no silêncio e com o coracäo na mäo.
Eu só pedi se meu marido podia estar comigo eles disseram que näo pela urgência.
Nessa situacäo meu corpo tremia todo.
E olha näo era chilique näo.
Era tremores, espasmos musculares de tanta dor.
EU me lembrava daqueles descricöes de tortura da segunda guerra mundial. Era como se meu crpo tivesse sobre uma maca com água e me davam pequenos choques, eu tremia sem parar, näo conseguia controlar, tentava só näo travar a mandíbula.
Parece loucura, mas na hora vc só pensa: "Meu Deus pelo quê que eu e minha filha tamo passando??Isso tem que acabar!"

A cesária foi muito rápida.
Acho duas ginecos, dois anestesistas, vários enfermeiros, todos eficientes e compenetrados. O número de profissionais näo sei ao certo, mas percebi que estava sendo bem acessorada.
Á caminho da cirurgia eu implorava pra Emma:"-PDA!!""-PDA!!""-PDA!!!"
Eu via ela aflita tb.
Fui anestesiada, a anestesia fez efeito, eu näo párava de tremer, me cortaram, eu senti só o atrito, já näo tinha sensibilidade de nada.
O anestesista com jeito legal pegava na minha mäo, aih lembrei dos livros e filmes que a gente vê que no meio da dor tem um ser solidário e pega na mäo da pessoa como querendo dizer: vc näo estah só, vai dar tudo certo.
Ele era o único, eu via a equipe toda estressada.
Lembrei das priemeiras cirurgias de extracäo que fiz e dizia pro meu paciente: "-Vc vai sentir eu manipulando, mas sensibilidade nenhuma!"
A pressäo do corte, aquela forca de extracäo, o barulho de succäo das cânulas e finalmente o choro da minha filha!
Eu näo chorei...
Ela tava täo longe de mim, atrás daquele pano verde e sendo pêga pelos profissionais.
Tava arrasada naquele momento.Feliz por tê-la escutado, mas me senti um boi no currau sendo manipulado vivo.
Pensei que se tivesse veia vegetariana me tornaria. Näo foi uma cesariana dessas que passa em programas de TV aqui. Gracas á Deus meu marido näo tava lá. Ele ia desmaiar de certo!
Queria vê-la, ver que ela tava salva, ela tava bem!
Deus é Pai!!!
Deps levaram ela pra exames.
Eu ainda tremia.
O tal anestesista me disse: a água tava verde e ela tava enrolada com o cordäo umbilical nos pés duas vezes.
A parteira me mostrou ela.
Aqui fotos que minha parteira fez no momento que ela nasceu Simplesmente MA-RA-VI-LHO-SA!!!!Enorme:-) LINDA!!Como pôde caber uma bebêzona täo forte assim dentro de mimzinha eheheh:



Dps näo sei pra onde ela foi.
Eu fui suturada e me lavaram pra outra sala.
Lá fiquei com o anestesista legal e agradeci á ele...
Só dizia:" Vielen Dank Vielen Dank!!"
Dps desci dentro do elevador com as duas ginecos, elas diziam no seu papel confortável de doutoras:"-Coitada ela quase conseguiu!"
Me deu vontade de mandá-las sabe...
Mas preferi fechar os olhos...
De coitada näo tenho nada!
Sou que nem passarinho, caiu do galho morto sem pedir esmolas!( quem já viu esse filme??Código de Honra com a Demmi Moore baseado em fatos reias)
Enfim o encontro: eu meu marido e minha mäe e ela a LINDONA dormindo cheirosinha de roupinha rosa...lindalindalindalindalindalindalindalinda:-)
De rosinha toda fofa serena, nunca imaginei tanta beleza assim, nos meus bracos, e mamando:-)
Eu me preparei pra amamentar, psicologicamente e fazia aquelas dicas que ajudam muito, tipo massagem milk-shake:-), tomar banho de sol, banho em diferentes temperaturas com mudancas bruscas etc...
Lá tava ela sugando sugando sugando...
O comentário infeliz da minha parteira:"Dá uma sensacäo de frustracäo neh?"
Eu só balancei a cabeca.
Ela:"-Vc trabalha isso todos os dias na sua cabeca e deps acalma..."
Eu lá tava pensando em trabalhar o quê na minha cabeca, eu tava lá me sentindo realizada com minha pequena Milagre de Deus mamando.
Gente ela mamava!!!Tinha acabado de sair da minha barriga, de dentro dá água e mamava!!!
Ninguém imagina o medo que uma mäe tem de näo ter leite, de näo ter bico, do bebê näo querer mamar, de ser preguicoso, säo tantos folclores ao redor da primeira mamada de um recém-nascido aff...
E lá tava ela sugando sugando sugando chompchompchompchomp eheheheh.
Eu bestona e Mami tb e Maridäo ainda tava com a tensäo no corpo, mas mais calmo agora...
Uma bebezona de 54 cm e 3,690kg.
Eu parei de tremer, finalmente.
Fomos pro quarto.
Descansar.
Ja estava amanhecendo.
Minha bebê calma...doce nosso Doce de Vida!
Uma paixäo só olhá-la.
A gente jah no quarto e ela linda mamando:

Näo queria fechar os olhos, queria vê-la, esperei tanto pra vê-la.
Pareceria comigo??Será??Ou ia mudar??O qto ia mudar??Linda ela Liiiinda Nóssa!!!
Olhos escuros, cabelinhos escuros, mäos longas chiquérrímas e muitos muitos cabelos, unhas compridinhas, uma moca:0)
Eu ia descansando, fechava os olhos e acordava, com um forte tremor.
Meu corpo havia sofrido um forte impacto.
Minha SANTA MÄE ficou conosco.
Mäe é tudo nessas horas.
Pra um drama como foi, a dica: deixar o marido descansar e quem pode ter uma mäe como a minha é tudo-de-bom!.
Marido amado foi pra casa descansar, bem merecido.
Quem pensa que nosso calvário havia acabado...

sábado

Meu Parto. Parte II

Antes de voltar a escrever quero dizer o qto é importante pra mim tah contando minha história detalhada. Vou voltar várias vezes nesses textos sobre eu Parto pra deixá-lo o mais real possível. Isso é muito importante pra minha história de vida e da minha filha guerreira!!
Enfim, consegui na net uma foto da minha parteira, olha ela aí:

Chama Emma Peters, um doce de pessoa e passa muita expeirência só de vc conversar com ela.
Ela chegou umas 8 da noite pra me buscar do quarto. Eu näo lembro a hora exata. Infelizmente!!Deixei muito tempo pra escrever sobre isso e agora percebo que meu cérebro fez questäo de ir esquecendo coisas.
Por isso preciso registrar logo!!!Já se foram 5 meses quase atrás...
Enfim, como eu me sentia há cerca de 10 horas com contracöes:
cansada!
Só isso!!!Muito cansada.
Como dizia, meu parto näo estava evoluindo como eu havia mentalizado e lido.
Pontos importantes daquele momento:
1-As contracöes devem ser espacadas entre 10 e 10 minutos. Tudo isso pq a natureza é PERFEITA! E esse tempo permite que o corpo da mulher descanse. Primeiro ponto: minhas contracöes näo foram assim certinhas, os intervalos eram de 5 mints em média.
Eu estava ás 8 da noite só com o café da manhä. Já näo sentia fome, mas me sentia fraca.
Eu queria ter comido algo mais cedo, mas como havíamos aprendido no curso que o melhor é a mulher estah de estômago vazio, marido näo quis comprar comida...eu ateh aceitei, mas quer saber, se fosse hj tinha comido algo sim!
O corpo precisa de energia pra funcionar. E com idéias + minhas, hj percebo o qto isso teria feito a diferenca.
2-Até entäo minha placenta näo havia estourado.
3-Näo estava dilatando. Acho que só 6 cm ateh entäo, mas näo lembro disso tb com detalhe!:-(
Ok.,minha parteira foi me buscar...
Fui pra sala de parto.
Eu já conhecia, como o curso de gestante era lá no hospital mesmo, já havíamos feito visitas anteriores á esse lugar.
Säo salas bonitas com iluminacäo especial , cheia das nove horas. A cadeira de parto se torna cama, um negócio fino:-)!!!Tudo pintadinho, limpíssimo,cheiroso e organizado.
Mas qdo entrei lá, já á noite tava aquele clima bem claro pra mim:
equipe cansada! Eu vi no semblente da galera.
A nova mäe era minha colega de curso, ela conseguiu ter o filho dela natural, mas teve que recorrer á episiotomia ( aqui o que é: Episiotomia é uma incisão efetuada na região do períneo (área muscular entre a vagina e o ânus) para ampliar o canal de parto e prevenir que ocorra um rasgamento irregular durante a passagem do bebê. Se não for realizada pode haver acometimento do esfíncter anal e resultar em incontinência fecal. É geralmente realizada com anestesia local)
Ela já teria sido a segunda daquela tarde.
Ou seja, eu seria a terceira da noite...ôôu!!!Pensei: Será que entro na madrugada??
Aí as contracöes estavam ficando fortes mesmo.
O riso no meu semblante já era amarelo:-)
Mas tava bem, suportando tudo, com a PDA.
Funciona assi, vc fica com o catéter e a parteira vem de tempo em tempo injetar o líquido anestésico em vc.
QUem lhe acompanha o tempo todo é sua parteira. Nada de enfermeira nem gineco.
Eu pensei: minha parteira tah exausta. Pensei e vi isso nela. Aí falei" Vc tah cansada neh Emma??" " Bist du müde Emma?"
Puxando papo assim meio que sem jeito só pra ver o que ela ia dizer. De acordo com a resposta eu diria: tô frita ou näo!
Ela foi bem sincera, disse que tava mas ia descansar, enquanto meu trabalho de parto evoluia pra fase de abertura.
Säo duas fases em resumo o trabalho de parto. Já havia passado pela primeira que é a mais longa e light: contracöes + brandas e abertura ao longo do tempo de 5 á 8 horas, mas lembre-se minhas contracöes estavam sem me deixar descansar, intensas. Sabia que tava entrando na segunda, onde as contracöes säo o "tudo ou nada".
Pedi á Emma que fizesse uma lavagem.
Ora. ela era a parteira eu näo deveria pedir ela deveria saber qto isso é impportante, mas fiz! Percebi que deixar tudo na mäo dela näo rolava, ela tava exausta e eu näo queria correr o risco de tentar parir e sair 2 na história. Desculpem, mas história de parto pra ser bem realísta tem que ser bem contada:-)
Ela me deu um laxante.
Minha mäe me ajudou no toallete.
A sala de parto especial näo tem lugar pra acompanhante.
Nesse momento minha parteira estourou minha placenta.Acho que isso era 11 da noite. Teve que fazê-lo pq näo aconteceu ao natural. Já havia passado muito tempo e näo dava mais pra esperar.
Gracas ao Bom Deus a água estava clara, tudo normal.
Marido e mäe foram pro quarto tentar descansar ateh a hora final ( seriam chamados pela Emma), mais PDA pra eu descansar e suportar as contracöes mais descansada, até a dilatacäo acontecer. Ela diminuiu a luz da sala, fez um clima bem aconchegante pra eu tirar um cochilo, escurinho e quentinho.
Ela tb foi durmir.
Tudo calmo, silêncio, eu monitorada o tempo todo por dois aparelhos: um verificando minhas contracöes e outro os batimentos cardíacos da minha bebê.
Eu consegui descansar nessa primeira pausa.
A madrugada entrou.
A Emma vinha de tempo em tempo verificar minha dilatacäo e agora renovava o PDA em intervalos + curtos.
Eu sabia que eu tava na super hiper mega fase final, porque o PDA me aliviava 15 minutos, deps comecava a incomodar as contracöes e eu näo durmia LÒGICO!!!
Mas td bem, suportável!!!Juro, suportável!!!Dolorido, mas suportável. Cansativo mas suportável!
Esqueci de dizer, falei assim pra minha parteira: "Eu sou fraca neh Emma??" Porque pedi pra ela renovar o PDA á ela acho que umas 11 e pouca da noite...ela riu e disse que "-näo!". Eu sabia que näo estava sendo fraca, só quis puxar papo pra ver se ela me aconselharia algo mais, ou falaria sobre cesária em alguma circunstância.
Lembre-se que estava desde 7 da manhä com contracöes e isso já eram 2 da manhä mais ou menos...
E assim ela repetia: atualizava o PDA, me mudava de lado na "cama" de parto, ora deitada de lado direito ora esquerdo, verificava os aparelhos, examinava minha dilatacäo, que aumentava devagar, acho que 8 cm ás 1 da manhä. A evolucäo era lenta mas acontecia, deps diminuia a luz do ambiente. Eu já sabia: vou descansar 15 mints, deps o PDA näo faz mais o efeito...
E ela ia descansar... Meu marido e mäe durmindo no quarto.
Finalmente dilatei!!!
Lindamente, perfeitamente mais de 10 cm...Eram 3 e pouquinho da madrugada!!
Diga-se 10 cm o nenên passa, mais de 10 cm o nenên escorrega saltitante de vc eheheh
Brincadeiras á parte, mas essa minha dilatacäo de 11cm me traz um GIGANTESCO ORGULHO até hj!
Cenas do próximo capitulo, alguém choraminga...

Meu Parto-Parte I

Já estava na 42° semana, nossa filha resolveu dar sinal no quarto dia da 42° semana, a barriga de täo enorme já näo me deixava ficar em pé por algum tempo. Ir ao supermercado era o suficiente, se colocasse mais a drogaria no passeio já me cansava no final. Eram 20 kg á mais que se somava. Tudo corria bem gs ao Bom Deus. Ia um dia sim outro näo ao meu gineco, ele verificava as contracöes e a cor da água da placente. Faria cesária caso entrasse na 43°semana, ou seja já seria o tempo máximo de espera. Numa sexta a tarde eu senti: ela vai sair de mim. Eu senti algo forte e diferente. Um amistura de alívio, mas muito mais de querê-la ter dentro de mim pra sempre. Quem já esteve grávida sabe do que tô falando. Vc gera e nutri, sente seu bebê, ele e só seu e protegido e tudo estah em ordem:-)
N madrugada de sábado, dia 27 de fev. surgiu um corrimento vermelho ás 5 da manha. Näo acordei nem falei nada pro marido. Eu levantava muitas vezes jah e respirava com muita dificuldade.
Eu aí:

Só esperávamos a hora "P" mesmo...marido deixou de trabalhar de täo ansioso!!!
Qdo deu 7 da manha falei pra ele: o sangue apareceu, é hj!
Ele deu um pinote da cama, e ficou maluquinho em casa...foi chamar minha mäe, que veio do Brasil uma semana antes e a netinha dela enrolou todo esse tempo.
Marido desceu pra arrumar o freio do carro- o carro nunca deu problema, mas tem que ter essas coisas pra ter história neh. As contracöes comecaram a aparecer.
Eu tava feliz muito feliz.
Tudo que queria era receber as contracöes.
Li muito sobre tudo isso.
E queria descobrir que "bicho" era esse chamado contracäo.
Ateh entao tomamos café e era totalmente suportável.
Bem especadas.
Dps do café comecou a apertar mais.
Aih ligamos pra parteira já umas 10 e pouco da manhä, ela estava no hospital e nos mandou ir pra la´.
Fomos de mala e cuia.
Todas as bolsas fofas que tinha arrumado, roupinhas e tudo extremamente organizado com TODO zelo e carinho do mundo pra nossa boneca.
Fui de calca cinza do meu pijama eheheh eu näo ia desfilar, e com aquele barrigäo e os deliciosos beliscöes de contracäa eu lá ia pensar em ficar chique!!!
Minha mäe ansiosa:-)
O pai nem se fala, jah estava todo de barba feita e chique pra filha o vê gatäo:-)
Chegando no hopital conheci a que seria minha gineco. AMei ela de cara! Russa assim como minha parteira, companheiras de trabalho. Achei curta e direta!!!Falando bem claro e pausado comigo super expressiva, ficamos os 3 + a parteira e gineco, eu em cima da maca numa salinha verificando a evolucäo das contracöes num aparelhinho e uma anamnese básica de doencas pregressas diabetes blábláblá...deps fui pra sala da gineco fazer o ultrasom final.
Lá estava ela,a estrela da cena, lindona querendo nascer, mas calma ainda:-)
Outras colegas nossas do curso tb estavam lá. Ea eu e mais 3.
Minha parteira tava meio num corre-corre.
Dps nos colocaram num quarto, bem iluminado, limpinho.
Lá passei a tarde toda.
As contracöes aumentaram.
A bolsa näo estourava.
Eu num momento de contracöes no quarto.

Exercitei os movimentos que aprendemos no parto.
Meu marido foi meu anjo, o amor da minha vida, meu doula:-) ele me passava paz me tranqüilizava na hora das contracöes.
A parteira veio umas 5 eu acho, pra eu fazer a peridural, que chamam de PDA.
Eu perguntei se devia, ela fez que sim com a cabeca.
Eu queria sentir tudo!
A filha era minha, minha carne e ela falava comigo a cada contracäo.
Gente isso é muito forte de se falar e partilhar.
Já é o amor de mäe.
É eu querer dar meu tudo pra vê-la, todas as minhas forcas. Eu queria!!!
Mas minha parteira fez com a cabeca que seria mais sensato eu colocar o cateter do PDA.
Ok.Falei pra ela:"Du bist meine Chef:-)"
Ela sorriu.
Eu estava ocmpletamente entregue nas mäos da minha parteira.
Era ela e o know how de trabalho dela que eu confiava.
Se ela dizia assim seria...
Fomos á sala de parto e lá fizemos a colocacäo do cateter.
Primeiro tinha só um anestesista, que de täo simpático e acessível e sorridente, täo gente, nem parecia medico:-)
Médico geralmente näo tem tempo e anestesista pouco se envolve com o paciente.
Eu achei legal falar que sou dentista.
Ele achou o máximo e mostrou o anéstesico e a concentracäo que ia usar.
Mas esse eu näo conhecia.
Enfim , foi qdo minha parteira soube que era dentista. Ela ficou surpresa.
Näo é nada gostoso alguém passar um algodäo geladinho nas suas costas e falar"Nicht schreck!!!" Tipo assim, vou te dar uma p. agulhada e relaxa, näo pula da cadeira!!!
Égua!!!!a´lá paraense mesmo!!!
Dei um pulo....eheheh
Näo funcionou!
Dinovo!!!:-)
Aí sosseguei e funcionou.
Foram dois anestesistas. Deps chegou outro sério e sisudo, magrinho, alto e bem compenetrado no que fazia.
Enfim, missäo cumprida, eles sairam da sala e o marido PÀLIDO!!!
Eu "que foi??"
"Nossa tinha que ver o tamanho da agulha!!!"
Quase marido desmaia em ver aquela cena täo medicinal:-)
Tem gente que näo agüenta e essa definitivamente näo é a praia dele ohohoh
Voltamos pro quarto.
Esqueci de dizer que estava sendo monitorada a tarde toda com um aparelho de verificacäo de contracäo.
Marido já se posicionava atrás de mim, eu sentada nessa bola azul da foto e ele atrás na cadeira fazendo massagem mim. Meu anjo!!!
Estávamos colocando em prática o que tínhamos aprendido no curso para gestantes, que fizemos nesse hospital mesmo.
Pausa:
Eu tinha a opcäo de ter uma parteira só minha, mas na hora, sem experiência nenhuma, achei que a minha parteira seria maravilhosa e eu fazendo parte de um grupo seria mais perfeito ainda, porque pra estrangeira qto mais a gente partilha um momento único desse de gravidez e tudo, melhor. Já que minha família tah toda no Brá.E o curso que fiz foi ótimo, eu me sentia super bem lá e legal era ver o maridäo curtindo tudo tb. Ok vamos lá...
Despausando...

Minha mäe acompanhando tudo.
Mami näo saca de parto normal, fez cesária de mim e do mano...enfim tudo quase em ordem.
Como eu havia lido muito, sabia que näo estava tendo um trabalho de parto "normal".
Gente vou durmir..eheheh sono!termino deps.o papo é longo vou dividir em etapas, melhor...mais didátido:-)
bjs

sexta-feira

10 razões p/ ligar p/ o pediatra

Tirei da revista Pais & Filhos!!!Super útil...
Decidir quando um mal-estar justifica ligar para o médico de madrugada pode ser complicado. Você não quer parecer hipocondríaco, mas também não pode bobear. Se estiver preocupado, o melhor é ligar e pronto. Sempre. Não precisa nem pensar duas vezes. A idéia não é tentar resolver o problema pelo telefone, claro. Em uma emergência, seu filho vai precisar ser visto pelo médico e, se não for possível, o pediatra deve encaminhá-lo a um pronto-socorro e pedir ao colega de plantão que depois fale com ele.

1. Febre em recém-nascido
Se seu bebê tem menos de 2 meses e o termômetro acusa 38°C ou acima disso, ele pode estar mais doente do que parece. Mas há uma exceção: é comum a criança ter febre baixa até 36 horas após tomar alguma vacina. Recém-nascidos podem desenvolver rapidamente uma grave infecção bacteriana sem apresentar sintomas óbvios, porque seu sistema imunológico ainda é imaturo, diz a pediatra Sue Hubbard, de Dallas. A gente pode achar que não passa de um simples resfriado, só que resfriados normalmente não causam febre nessa idade... Se você ligar dizendo que seu recém-nascido está com febre, um bom médico vai querer ver a criança o mais rapidamente possível. Caso a emergência aconteça altas horas da noite, ele provavelmente pedirá que você leve a criança ao pronto-socorro. Agora, se a criança está com febre durante o dia, ligue logo. Não espere a madrugada para isso.

2. Tosse persistente
Quando a criança começa a tossir sem parar ou fica ofegante, pode ser um ataque de asma. “Uma doença viral pode causar sintomas asmáticos“, diz a doutora Mary Ellen Renna, pediatra em Woodbury, Nova York. Claro que, se o médico já diagnosticou seu filho como asmático, você deve ter um inalador ou vaporizador em casa, básico. Caso você já tenha medicado a criança e, mesmo assim, a tosse não parar dentro de 20 a 30 minutos, é preciso ligar para o médico. Se seu filho acordar com uma tosse que parece algo como uma foca latindo, pode ser broncoespasmo ou tosse aguda (tipo "laringite"). Ligue o chuveiro quente, para fazer vapor. Se ela continuar a tossir, ar fresco pode ajudar. Se não melhorar, procure o médico. Mas você deve ligar para o médico já se seu filho mostrar dificuldade para respirar. Costelas repuxando a cada respiração e grunhidos ao tentar tomar o ar são sinais de angústia respiratória. Se a criança começa a ficar azul, não precisa nem dizer: chame a ambulância.

3. Erupção cutânea com pontinhos vermelhos e febre
Se seu filho está com uma irritação com pontinhos vermelhos, e se também tiver febre, pode ser sinal de uma séria infecção bacteriana, como meningite. Esses pontos, chamados petéquias, permanecem vermelhos mesmo quando você pressiona a pele para baixo. Outras erupções tendem a tornar-se pálidas por um momento quando você empurra pra baixo e, depois, voltam à cor anterior. Uma criança também pode ter petéquias mesmo sem ter febre, depois de episódios intensos de tosse e vômitos ou mesmo se fizer força ao evacuar. Nesses casos, as irritações são causadas por vasos capilares rompidos. Você deve ligar para o médico logo pela manhã.

4. Vômito persistente
Se seu filho continua vomitando, mesmo quando não há mais nada no estômago, pode ser sintoma de males que vão de uma intoxicação alimentar até anomalias congênitas no aparelho digestivo. Ligue imediatamente para o médico se houver sangue no vômito ou se a criança parece desorientada. Outra situação de emergência é o bebê vomitar em jato, com coloração amarelo-esverdeado, o que pode ser um sintoma de estenose hipertrófica do piloro, uma anomalia congênita que requer cirurgia.

5. Dificuldade de se mover
Se a criança tem uma febre repentina e não consegue ficar numa perna só, pode estar com uma infecção grave no joelho ou em uma junta do quadril. “O paciente tem de ser avaliado rapidamente, porque o contágio pode destruir a junta", diz o pediatra Lewis Krata, do Saint Vincent's Catholic Medical Center, em Nova York. Se seu filho não consegue mover o pulso, a perna ou o ombro, pode ser caso de fratura. Ligue para o médico e vá ao pronto-socorro fazer raio-X. Caso a criança tenha menos de 2 anos, leve-a ao médico na hora.

6. Galo na cabeça
Se seu filho bater a cabeça e ficar inconsciente, chame uma ambulância. Com o socorro a caminho, ligue para o pediatra. A dúvida vem quando a criança cai e não desmaia, embora chore bastante. Se ela vomitar mais de uma vez, parecer sonolenta ou desorientada, e caso você note um líquido claro saindo de seu nariz ou orelha, telefone para o médico na hora. Você deve examinar a cabeça do seu filho: embora um calombo grande na testa possa assustar, é mais grave se ele bater a lateral da cabeça. Se notar alguma irregularidade no crânio, pode ser sinal de fratura.

7. Fezes estranhas
Se o cocô do seu bebê apresentar coloração e consistência parecida com geléia de uva ou groselha, pode ser sintoma de um problema conhecido como intussuscepção, em que o intestino do bebê sofre uma torção e fica obstruído. Já diarréia com sangue pode ser sinal de intoxicação alimentar ou gastrenterite bacteriana. O pediatra pede exames para identificar a bactéria responsável ou a presença de parasitas.

8. Pálpebras inchadas
É comum que o olho da criança inche caso seja mordida por inseto ou entre em contato com urtiga, mas, se seu filho tiver febre, ele pode ter celulite orbital, uma infecção grave dos seios da face que se estende para a parte do crânio na qual o olho repousa. O olho é empurrado para frente, paralisando os músculos oculares e impedindo a movimentação. A criança precisa ser atendida com urgência e internada.

9. Dor abdominal por mais de duas horas
Se a dor piora quando seu filho pula ou quando se move na cama, pode ser apendicite, que faz com que o tecido da barriga da criança fique inflamado. Muitas vezes, a dor começa ao redor do umbigo e se estende até o lado inferior direito.

10. Dor de cotovelo
Sabe aquela situação em que você puxa a criança para um lado e ela vai para o outro? Isso pode fazer com que o rádio (um dos ossos do antebraço) se desloque. O braço fica pendurado, e a criança, óbvio, recusa-se a movê-lo. O problema, conhecido como “cotovelo de babá”, por ser mais comum nos menorzinhos, pode ocorrer em crianças de até 6 anos. É essencial ligar para o médico antes de o cotovelo inchar, para que ele possa colocar o cotovelo no lugar.

Quando dá para esperar amanhecer
Nas situações abaixo você pode deixar o seu pediatra dormir e ligar no dia seguinte

* Febre em crianças de 3 anos ou mais
Febre não é doença, mas sintoma – e não, não causa danos ao cérebro. Em tese, seria possível esperar, mas a gente repete: se você ficar preocupado, ligue assim mesmo. E não deixe de ligar imediatamente se seu filho estiver letárgico e não der nem mesmo um sorriso.
* Um pouco de sangue nas fezes
Se seu filho esteve constipado, ele pode ter tido uma pequena fissura anal que causou o sangramento. Isso também é comum em bebês que começaram a ingerir comidas sólidas.
* Olhos remelentos
Conjuntivite é particularmente comum quando a criança tem um resfriado. “Marque uma consulta para o dia seguinte”, diz o doutor Brown. Crianças menores de 2 anos podem também apresentar remelas nos olhos ao ter uma infecção de ouvido.
* Uma irritação que coça
Poderia ser urticária (parece com uma mordida de mosquito mais levantada, com manchas vermelhas redondas em torno dela), eczema (pele vermelha e escamosa) ou dermatite de contato (bolhas vermelhas).

segunda-feira

Farra na faxina

Enquanto a Mama organiza o quarto veja o que Maria Luise apronta...
video
Imagine dps que ela aprender á engatinhar e falar hahaahah

domingo

Balneário no Veräo

Com esse calor todo ninguém fica em casa num domingo ensolarado. Procuramos no google Earth e sempre encontramos um laguinho ou piscina por perto pra nos distrair e levar nossa boneca.
Engracado qdo chegamos lá um casal de senhores ainda no estacionamento, se encantou pela Maria Luise, eles sonham em ter um netinho(a) muito fofos, dei a ML pra senhora carregar, acho que ela ganhou o dia....e haja papo, eles tem um filho de 34 que só quer saber de farra rsrsrs tadinhos ihih Reclamaram que NRW, o estado que moramos, näo é + täo tranqüio e ordeiro qto no tempo deles...ela achou que eu era russa pd!!!Imagine se eu fosse falar da condicäo social do nosso Brasil. Eu gosto conversar com pessoas + velhas, acho que eles teem muito á nós ensinar.
Maria Luise ama estah fora e ver outras criancas brincando, ela se distrai por horas, acha graca fica com super bom humor e esquece ateh de mamar:-) Achamos nesse domingo outro laguho perto de onde moramos, tem área de banho e de velejar. Marido diz: " pra quem já velejo em mar aberto, velejar num lago näo tem graca eheheh" Eu tb acho, nunca velejei, maridäo já, mesmo assim é bom só pra ver e nos distrairmos. Alguns väo täo paramentados pra um simples dia de domingo num laguinho em família que chega á ser engracado!:-)É cada bóia hightech que dá gosto. As pessoas chegam com bombas, martelo, prego e constroem seu cantinho pro lazer em minutos.
Alemäo é muito figura!!!:-)
A entrada eh paga, 3,00euros por pessoa,e a gente opta sempre por ficar debaixo da árvore, bem simples mesmo:0)O zelo é grande: guarda sol, óculos de sol e chapeuzinho pra filhota. Interessante que näo vejo ninguém com esse tipo de cuidado, a gente chama atencäo, as pessoas olham e sorriem pra gente. Mas vejo outros bebês expostos no sol lascado.Isso eu näo entendo aqui...os pais com todo conforto e os bebês no sol...
Näo quero criar minha filha numa redoma, acho d+ aquelas roupinhas de surfistas pra criancas maiores que já andam e correm sozinhas, a ML vai ter, agora muito tempo debaixo do sol forte pra um bebê eu näo acho certo.
Enfim, cada um cuida do seu filho como acha que deve ser!




Fotinhos nossas cheios de energia positiva:-)
Sol é vida! Maravilha de veräo:0)

Bjs!

quinta-feira

Maria Luise aos 4 meses e 17 dias


Ela já vira, se alegra qdo o pai chega, tem bastante tonus muscular, é bem durinha sentadinha, mas näo fica sentada só. Adora tirar um cochilo, faz 4 sestas por dia. A primeira 9 da manha, deps meio dia deps 3 da tarde deps 6 da noite. Varia entre mamar de duas a uma vez na madrugada. Acorda sorrindo:-)O que deixa a Mama uma manteiga. APrendeu a desvirar mas ainda näo o faz com rapidez.Passear no supermercado a deixa super entusiasmada, ela dah gritinhos de euforia e acaba chamando a atencäo de alguém que sempre brinca com ela:-) Adora brincar com minha viseira, näo sei por quê:-) Já pega os brinquedinhos com as mäos e puxar meus cabelos nem se fala:-)
Deus é Bom demais!!!
Que Ele continue abencoando nossa filha e todos os bebês e criancas do mundo.
Mil beijos,
Cele.

Eu só ganho!

Isso é um desabafo de mäe de uma linda bebê de quase 5 meses! A gente engravida e escuta um monte de coisa, algumas vale a pena guadar outras melhor entrar por uma orelha e sair pela outra. Deps o filhinho nasce e lá vem as abobrinhas. O que quero fazer as pessoas entenderem é o seguinte: mäe näo perde SÓ GANHA!!!
"Ah! Vc vai passar noites em claro"
"Espera comecar á anda, acabou seu sossego!"
"Agora viajar fica bem mais complicado né?"
"Ficar o dia todo cuidando de um bebê??Näo isso é se anular na vida!"
"Deps que cresce viram uns maucriados!"
"Amamentar é uma relacäo de parasitismo entre vc e seu bebê!"
Gente eu tenho escutado essas coisas...
Mas quer saber? Nem ligo:-)!
O que as pessoas näo entendem é que näo basta engravdar e colocar um bebê no mundo.
Isso seria pouco pra mim!
Eu quero é AMAR!
E amar muito!!!!
Eu quero amamentar minha filha, enchê-la de beijos, cuidar, mesmo cheia de cansaco, mesmo näo tendo durmido a noite toda.
Eu a amamento e näo é uma relacäo de parasita näo. Ela me alimenta qdo mama, eu me sinto amada e muito amada. De uma maneira nova completamente desconcertante.
È suuuuupeer cansativo sim cuidar de um bebê, ainda mais que tenho o prazer de näo ter babá. Ou seja eu meto a mäo na massa, sem medo de ser feliz.
É o dia todo trocando fraldas, fazendo minha filha durmir, dando de mamá, as vezes organizando as coisas dela, e ainda da casa, lembre-se na ALemanha a mulher faz tudo!Secretária doméstica é caro demais, elas chegam de carro na porta da sua casa, e se vc pode fazer , entäo faca:-)!
Minha mäo näo cae, eu näo fico doida, näo desequilibro...
Ao contrário me sinto cada dia mais amada e feliz!
Ter um filho é uma bencäo divina.
E quero amar a filha até o ultimo dia que eu viver.
Amar inha família, meu marido...
Näo acho que aos 18 anos tchau e benca, vai com Deus e mando a menina pro mundo näo!
Sou mäezona e quero conquistar minha filhota todos os dias.
Porque amor é conquista.
Näo é porque ela näo sabe falar, andar, comer sozinha, que devo cuidar dela com zelo e dedicacäo, que estou perdendo minha vida.
Eu só ganho amando-a.
Mesmo ela näo lembrando mais tarde.
Minha riqueza é eu lembrar de tudo, da história da vida dela desde o início.
Me sinto mais rica deps que ela nasceu.
E penso que essas pessoas que falam abobrinhas negativas qto o fato de se ter um filho no colo, säo pessimistas e ainda näo aprenderam a arte de amar.
O amor necesita renovacäo diária, como as celúlas do nosso corpo.
QUem ficou no "vc está perdendo, ou vc vai ver sua vida ficar + difícil etc..." anda muito desinformado sobre a palavra felicidade, que bem vivida faz toda a diferenca!:-)
Valeu!

segunda-feira

Curso de natacäo aos 4 meses

Sábado fomos á uma aula experimental de natacäo para bebês. A escolinha fica dentro de um hospital há 20 km de casa, ou seja, de cara já sabíamos o desafio que seria irmos lá todos os sabados pois näo é
perto. A vantagem do curso é que näo precisa seguir a seqüencia de sabados basta contar 8 sabados. Perfeito! Ja havia um tempo que queri me socializar mais com a Maria Luise, ela tá cada dia mais esperta e ativa. Presta atencäo em tudo e ama observar criancas brincando. Enfim uma bebê cheia de saúde gracas ao Bom Deus. Chegando lá näo gostei muito do ambiente por ser um hospital....acho meio estranho um curso de bebês num hospital mas tudo bem, aqui tem isso...Meu marido entrou em contato com os responsáveis, e eu fiquei com minha boneca na borda da piscina, observando outras criancas entrarem na agua, enquanto eu explicava o que ia aconteccer á ela. Piscina fechada, água morninha, bem legal...mas percebi que as pessoas näo estavam bem entrosadas, pensei "devo esperar a aula comecar, aí vem a animacäo". O instrutor entrou na água, eu perguntei em português pro marido se era aquele o instrutor ele disse que sim, já tava dentro d´água com nossa filha, e ela gostando, meio séria achando tudo novo estranho, mas agradável. Enfim, qdo se fala de aula n´água pra bebês logo se pensa: os bebês väo se introzar e o instrutor ou instrutora vai administrar a aula. Pelo menos fiz academia ua vez que tinha aula de bebês e ea uma fofura, os bebês com os pais se intrizando e brincando. Esse näo!O instrutor passou a aula toda indo de bebê em bebê, pegava no colo e ele fazia uma brincadeira,sem incentivar as criancas á se comunicarem umas com as outras. Ele vinha jogava água na cabeca do bebê, deps saia com o bebê pra mais longe boiando de costas...Bincadeiras sem pé nem cabeca. Principalemnte pra minha filha que näo precisava do contato corporal com um estranho, ela tem só 4 meses! Enfim numa dessas baldadas a Maria Luise engoliu água e tossiu, eu já näo gostei. Deps o sr. levou ela pra longe e de barriguinha pra cima ficou segurando ela só com uma mäo. Por quê ele näo ensinou o pai a fazer, caso seja uma técnica de relaxamento?Assim ele fazia o rodizío entre as criancas, percebi que a aula ia ser só isso. Uma bebê de 7 meses estranhou ele. Muito estranho esse senhor, näo se apresentou pra mim, me olhou e näo disse nada no início da aula. Nada formal, mas um "Vc é a mäe da Maria Luise?Seja be vinda!" sei lá...ia cair bem já que ele ia tocar na minha filha.
Por fim, a Maria Luise estava realmente cansada, eu via, falei pro senhor, ele nem aí!No primeiro choramingo eu peguei ela e amamentei numa escadinha na borda da piscina.
No fim da aula ele veio tirar satisfacäo comigo por quê eu tinha tirado ela antes do tempo...é ruim hein!!!Eu só disse que ela tava cansada. E tava mesmo, muito calor dsgasta ela.Sou mäe zelosa e luto pelo bem estar da minha filha até as ultimas. Se ele realmente tivesse pedagogia, teria dito: fique a vontade, sua filha é um bebê...mas percebi que ele näo gostou deu ter retirado ela antes do fim daquela presepada toda, porque aquilo näo era aula para nenên nao!!!De infantil só a música alta além da conta.
Conclusäo: eu näo me senti á vontade e näo volto mais! O curso é 65,0euros, caro demais e longe demais pra nos fazermos o que näo qeremos.
Näo tenho medo de discordar ou näo seguir as regras que alguém acha que devo seguir. Essas situacöes servem pra me fazer refletir e se fosse hoje teria tirado minha filha bem antes da água porque eu sabia o qto ela tava cansada. Só näo é chorona por isso tava quietinha. Viver em outra cultura é sempre um desafio:0)!!!!!Sou mäe á lá brasileira, dengo e encho de beijinhos minha boneca!!!Ora ora quem quiser que ache ruim!O problema näo é meu ;-)

Valeu!

quarta-feira

Frios Pais

Me revolto com péssimos pais!
Como diria a sábia música do Arnaldo Antunes cantada pela Adriana Calcanhoto:
Vídeo e letra
Saiba!
Todo mundo foi neném
Einstein, Freud e Platão, também
Hitler, Bush e Saddam Hussein
Quem tem grana e quem não tem...

Saiba!
Todo mundo teve infância
Maomé já foi criança
Arquimedes, Buda, Galileu
E também você e eu...

Saiba!
Todo mundo teve medo
Mesmo que seja segredo
Nietzsche e Simone de Beauvoir
Fernandinho Beira-Mar...

Saiba!
Todo mundo vai morrer
Presidente, general ou rei
Anglo-saxão ou muçulmano
Todo e qualquer ser humano...

Saiba!
Todo mundo teve pai
Quem já foi e quem ainda vai
Lao-Tsé, Moisés, Ramsés, Pelé
Gandhi, Mike Tyson, Salomé...

Saiba!
Todo mundo teve mãe
Índios, africanos e alemães
Nero, Che Guevara, Pinochet
E também eu e você
E também eu e você
E também eu e você...


Minha revolta näo tem ligacäo nenhuma com a cultura ou costumes de um povo. O que é bom literalmente é bom e faz um bebê feliz. O choro de uma crianca é a forma dela se comunicar. Existem vários tipos de choro e o cuidador do nenên reconhece.
É total e completamente ignorante uma pessoa que faz qualquer maudade, ou finge näo escutar, porque a omissäo tb é um ato de desamor!
Enfim, sempre fui sensível ao ver um bebê chorando...birra é um choro totalmente diferente, o pedido de atencäo é outro e näo precisa ser mäe pra perceber, basta ser gente!!!
Ainda amamentando, fico o triplo mais sensível e REVOLTADA!!!
Um dia desses tava passeando numa zona de pedestre de uma cidade razoavelmente grande perto de onde moro, um estúpido pai amamentava o filho recém-nascido, ainda de olhinhos fechados grudadinhos, uns 15 dias de vida, com uma imensa mamadeira, mais de 400 ml LOGICO que aquele bebê NÄO ia mamar aquela quantidade desnecessária de leite- ou seja por aih se ver a ignorância dos pais- andando ligeiro e papeando entusiasmado + com a conversa que com o que fazia!!!!Custaria qto ele parar e cuidar com zelo daquele pedacinho de gente täo frágil? Num dia pra lá de quente e sol muito sol....Minha filha com quase 4 meses e eu com todo cuidado do planeta segurando ela no colo, porque ateh no carrinho tava quente d+ pra ela ficar, e ainda de sombrinha nas mäos.
Esse vídeo acabei de fazer...é de mais um desses casais que vc se pergunta " Por quê Deus torna fértil??"
Respeito o Senhor, mas sinceramente qdo vejo um inocente sendo vítima da frieza humana me revolto.
Deus deve ter lá seus motivos que eu näo entendo nada!!!
video
O bebê estava dentro do carrinho verde e a mäe parece mais querer tomar sol que dar colo. A garotinha na fonte tb é filha do casal. Ou seja näo säo pessoas sem informacäo, e nem marinheiros de primeira viagem.
QUe Deus cuide e proteja todos esses bebês vítimas de seus pais frios e indiferentes aos seus pedidos de socorro.
Depois de muito essa mäe se levantou, deu de mamar e colocou o bebê no carrinho denovo. O bebê voltou a chorar...
Saiu o balbucio da minha filha no fundo da gravacäo.
Näo dá pra ver, mas entre os berros o pai tinha um ar de sorriso, como que dando o que saber ás pessoas, pq um choro alto sempre chama muita atencäo.
Minha filha teve cólicas de recém nascido, MUITA!Mas digo com orgulho e raca de mäe guerreira, nunca deixei ela chorar sozinha, sem um afago, sem um carinho. Mesmo todos os médicos que fui me dizerem que näo havia absolutamente nada á ser feito a näo ser esperar.
Pois aprendi á esperar aquela dor dela passar. Foram momentos super difíceis pra mim, já que pai e mäe nenhum querem ver seu filho sofrer, digo, os pais humanos!
Inventava danca e remelexos que fazia com ela...mil coisas, eu e meu marido que glória á Deus é um paizäo.
Foi uma fase que já passou.
E só peco á Nossa Senhora que lance Seu olhar de Mäe á esses casais abencoados por terem um bebêzinho e cruéis, coracäo duro, por näo aferecer á eles um simples afago.
Talvez essas pessoas näo sejam humanas...E devam compreender que mesmo näo tendo "nada" a ser feito, carinho é bom e todo mundo gosta, inclusive um recém-nascido.
A gente pensa: "Ah é país de primeiro mundo, bebê näo sofre näo...os pais teem informacäo e cuidam super bem..." Que nada, gente fria tem em toda e qualquer cultura. Meu marido me disse que viu ontem uma cena que ia me deixar maluca de raiva: um recém nascido se torcendo com os olhinho grudados ainda , muito sol no rosto e os pais lindöes de óculos de sol bem protegidos...
Essas pessoas teem que saber de uma coisa: bebê tb é gente!!!E tolice é uma coisa e necesidade de afago é outra!!

segunda-feira

Vacinacäo, somente aos 4 meses


Na Alemanha é bem diferente. Minha filha está com 04 meses levou sua primeira injecäo de vacina. Completamente diferente do calendário de vacinacäo do Brasil é o esquema de vacinas aqui.
Näo existe posto de saúde, as vacinas säo todas administradas no consultório do pediatra.

No primeiro momento isso me assustou porque venho de um país populoso e onde a saúde é trabalhada da forma de cura e näo de prevencäo.
Isso muda tudo.
Pretendemos viajar á terra verde amarela em breve e por isso a dra. da nossa filha vai fazer uma pesquisa de qual vacina se torna vantajosa nossa filha tomar.
Aqui existe uma outra forma de se organizar as consultas da crianca.Por "Untersuchungen", que se abrevia pela letra U e 9 números, cada U tem seu passo-a-passo. É uma forma dos pais se manterem informados de tudo que acontece com seu filho.
Já me adaptei á essas características daqui, o que realmente demorei foi pra "engolir" a demora da vacinacäo. O que agora só vejo vantagem , pois minha filha estah forte e gracas á Deus só saúde.
Se alimenta 100% de leite materno, algo que só me orgulho.
Sobre as "U" descrevo em outro post.
Os calendários de vacinacäo säo diferentes:
BRASIL:
Ao nascer BCG - ID dose única Formas graves de tuberculose
Vacina contra hepatite B (1) 1ª dose Hepatite B
1 mês Vacina contra hepatite B 2ª dose Hepatite B
2 meses Vacina tetravalente (DTP + Hib) (2) 1ª dose
Difteria, tétano, coqueluche, meningite e outras infecções causadas pelo Haemophilus influenzae tipo b
VOP (vacina oral contra pólio) 1ª dose Poliomielite (paralisia infantil)
VORH (Vacina Oral de Rotavírus Humano) (3) 1ª dose Diarréia por Rotavírus
Vacina tetravalente (DTP + Hib) 2ª dose Difteria, tétano, coqueluche, meningite e outras infecções causadas pelo Haemophilus influenzae tipo b
4 meses VOP (vacina oral contra pólio) 2ª dose Poliomielite (paralisia infantil)
VORH (Vacina Oral de Rotavírus Humano) (4) 2ª dose Diarréia por Rotavírus
6 meses Vacina tetravalente (DTP + Hib) 3ª dose Difteria, tétano, coqueluche, meningite e outras infecções causadas pelo Haemophilus influenzae tipo b
VOP (vacina oral contra pólio) 3ª dose Poliomielite (paralisia infantil)
Vacina contra hepatite B 3ª dose Hepatite B
9 meses Vacina contra febre amarela (5) dose inicial Febre amarela
12 meses SRC (tríplice viral) dose única Sarampo, rubéola e caxumba
15 meses VOP (vacina oral contra pólio) reforço Poliomielite (paralisia infantil)
DTP (tríplice bacteriana) 1º reforço Difteria, tétano e coqueluche
4 - 6 anos DTP (tríplice bacteriana 2º reforço Difteria, tétano e coqueluche
SRC (tríplice viral) reforço Sarampo, rubéola e caxumba
10 anos Vacina contra febre amarela reforço Febre amarela


(1) A primeira dose da vacina contra a hepatite B deve ser administrada na maternidade, nas primeiras 12 horas de vida do recém-nascido. O esquema básico se constitui de 03 (três) doses, com intervalos de 30 dias da primeira para a segunda dose e 180 dias da primeira para a terceira dose.

(2) O esquema de vacinação atual é feito aos 2, 4 e 6 meses de idade com a vacina Tetravalente e dois reforços com a Tríplice Bacteriana (DTP). O primeiro reforço aos 15 meses e o segundo entre 4 e 6 anos.

(3) É possível administar a primeira dose da Vacina Oral de Rotavírus Humano a partir de 1 mês e 15 dias a 3 meses e 7 dias de idade (6 a 14 semanas de vida).

(4) É possível administrar a segunda dose da Vacina Oral de Rotavírus Humano a partir de 3 meses e 7 dias a 5 meses e 15 dias de idade (14 a 24 semanas de vida). O intervalo mínimo preconizado entre a primeira e a segunda dose é de 4 semanas.

(5) A vacina contra febre amarela está indicada para crianças a partir dos 09 meses de idade, que residam ou que irão viajar para área endêmica (estados: AP, TO, MA MT, MS, RO, AC, RR, AM, PA, GO e DF), área de transição (alguns municípios dos estados: PI, BA, MG, SP, PR, SC e RS) e área de risco potencial (alguns municípios dos estados BA, ES e MG). Se viajar para áreas de risco, vacinar contra Febre Amarela 10 (dez) dias antes da viagem.

Alemanha:
Impfungen Empfohlenes Impfalter
1. Pneumokokken-Impfung 2 M
1. Diphtherie - Tetanus - Keuchhusten (Pertussis) - Poliomyelitis (Kinderlähmung) Haemophilus influenzae Typ b (HIB) - Hepatitis B (HB) - Impfung 2 M
2. Pneumokokken-Impfung 3 M
2. Diphtherie - Tetanus - Keuchhusten (Pertussis) - Poliomyelitis (Kinderlähmung) Haemophilus influenzae Typ b (HIB) - Hepatitis B (HB) - Impfung 3 M
3. Pneumokokken-Impfung 4 M
3. Diphtherie - Tetanus - Keuchhusten (Pertussis) - Poliomyelitis (Kinderlähmung) Haemophilus influenzae Typ b (HIB) - Hepatitis B (HB) - Impfung 4 M
1. Masern-Mumps-Röteln (MMR), Varizellen (Windpocken) - Impfung 11-14 M

4. Diphtherie - Tetanus - Keuchhusten (Pertussis) - Poliomyelitis (Kinderlähmung) Haemophilus influenzae Typ b (HIB) - Hepatitis B (HB) - Impfung 11-14 M

4. Pneumokokken-Impfung 11-14 M

Meningokokken-C-Impfung 12-23 M

2. Masern-Mumps-Röteln (MMR) - Varizellen (Windpocken) - Impfung; Abstand zur 1. Impfung mind. 4 Wochen15-23 M

1. Auffrischung Tetanus - Diphtherie - Pertussis 5-6 J

1. Auffrischimpfung Poliomyelitis (Kinderlähmung)
2. Auffrischung Tetanus - Diphtherie - Pertussis 9-17 J

Grundimmunisierung gegen humane Papillomaviren (HPV) für alle Mädchen mit 3 Dosen vor dem ersten Geschlechtsverkehr 12-17 J

Algo interessante é nós chegarmos lá para o U4 e a secretária nos perguntar se queríamos mesmo vacinar nossa filha. Como assim??Se estávamos lá justamente pra isso..Isso se explica pq tem muitos pais qu decidem näo vacinar seus filhos.Isso mesmo!!!Estranhaco!!!Eu respeito a idéia mas ainda assim acho uma irresponsabilidade.Temos uma amiga com uma conhecida que seu filho tem dois anos e nenhuma vacina...um absurdo!
Na hora nossa boneca chorou um baita berro em cada agulhada, mas deps a médica super simpática me mandou segurá-la com bastante afeto e ela sossegou täo rica e fofa!!!
Tomou hj contra Tetano, difteria, Pertussis, poliomielite, hemophilius influenzae b, hepatites b, pneumonia.
7 ao total.Recebemos um receituário rosa, que basta passar na farmácia e pegar o medicamento, caso ela tenha indisposicäo, como febre ou dor no corpo. Segundo a médica 70% das criancas nao sentem nada.
Valeu!
Cele.

sexta-feira

Primeiro Camping

Acampar no Brasil, no way!Mas aqui na Europa é tranqüilo...entäo resolvemos ir á uma regiäo na Franca super bonita, ao norte da Alsácia e sul de Lorraine. Funcionou bem com nossa Boneka:-)Ela amou durmir no colchäo molinho de ar, de acordar no relax da natureza, "conheceu" a grama e ficava täo calminha que dava preguica olhar pra ela de manhä eheheh Só estranhou a claridade desde cedo, mas logo depois voltava a tirar seu cochilo...os dias foram quentes e muito bonitos...quem precisa descansar e aproveitar o sol de veräo até tarde eu recomendo...Ficamos todos cheios de boas energias....

O pezinho da nossa linda fazendo amizade com um besouro verde-amarelo hihih

Deixamos de conhecer alguns castelos que pretendia ir, um bunker e uma vinicultura, mas nossa prioridade era o bem estar de nossa filha.

Ficamos próximos á cidade de Epinal, muito charmosa e bonita, em Sanchey. Os franceses säo bem receptivos, o Carrefour de lá eh tudo de bom...quem mora na Alemanha sabe que os supermercados näo oferecem muita diversídade de produtos...

Em Sanchey tem um paredäo maravilhoso de escalada dentro da cidade com mais de 40 vias...a pedra parece a do Päo de Acúcar...



Beijos,

Cele.

quinta-feira

Aqui comecei o blog...

Nossa amada filhota fez 4 meses redondinhos essa segunda feira, entäo resolvi recomecar um blog novo...o antigo ficou pras fotos de viagens que fazemos. Comecando á editar meus desafios de mäe morando em outro país, longe da terra natal e conquistando a cada dia minha felicidade:-)
Trouxe alguns posts antigos pra cá, como os do tempo que estava grávida...
Seja Bem Vinda!

Mama Cele & Maria Luise

Mama Cele & Maria Luise
...brincando e amando!

Amor que näo se mede!

Amor que näo se mede!
Te amamos Maria Luise!